Nailor “PROVETA”

Em 2016 Nailor Proveta irá circular o show de lançamento do álbum Coreto no Leme, delicado trabalho em que o músico visita memórias musicais de sua infância no Leme-SP. Foi lá que Proveta iniciou sua carreira aos sete anos ao lado do pai, Geraldo Azevedo, e Hary Baccioty. Acompanhado por um quarteto de cordas, as composições transitam entre o clássico e o popular.

 

Coreto no Leme – Nailor Proveta

Proveta esteve, dos sete aos catorze anos, sob os cuidados musicais de seu pai, Geraldo Azevedo e do maestro Hary Bacciotty na banda de Leme (SP). Aprendeu as notas musicais antes das letras do alfabeto. Aos 6 anos de idade tocava clarinete na banda da sua cidade natal – Leme-SP. Passou depois a tocar em bailes no conjunto liderado por seu pai, o tecladista e acordeonista Geraldo Azevedo – além de participar de outros grupos musicais da região. Mudou-se para São Paulo e aos dezesseis anos de idade já integrava a orquestra do Maestro Sylvio Mazzucca, famosa em todo o Brasil.

Acompanhado do quarteto de cordas, este espetáculo musical é sobre a infância musical de Proveta, em que o músico nos leva a um passeio por uma dimensão única – nem clássica nem popular – mas um estado especial da música, fazendo soar melodias que são ao mesmo tempo do passado e do futuro. Coreto no Leme é um trabalho carregado de memória afetiva que conta com a potência técnica de um dos maiores instrumentistas do país, contemplando o público com um show bastante intimista e de rara beleza sonora.

 

CORETO NO LEME

No fundo, bem no fundo da memória, ou da imaginação de cada um de nós, existe um país feliz. Vem de lá, desse país perdido ou sonhado, a música que o Proveta agora nos traz, compondo como um mensageiro e tocando como um predestinado. Junto com o quarteto de cordas, que transfere tudo para uma dimensão única, nem clássica nem popular, um estado especial da música, ele faz soar melodias que são ao mesmo tempo do passado e do futuro, se se pode conceber um futuro regido por música assim. A nostalgia aqui, sem paradoxo, faz parte de uma crença no futuro, uma aposta num mundo melhor – e um disco desses, com sua sabedoria discreta, tão avessa à dispersão e aceleração em que vivemos, parece mesmo um ato de resistência. Não há músico mais

querido e admirado do que ele; e não há um músico mais necessário. Proveta é um privilégio para todos nós, um gênio brasileiro da música, que nos ensina de novo e de novo a arte de ouvir, para não dizer a arte de viver.

Arthur Nestrovski

 

“Aqui ficam meus sinceros agradecimentos àqueles que fizeram e ainda fazem parte da história da música de coreto da minha encantadora cidade de Leme, e aos meus familiares: minha mãe Eufrozina Martins, minhas irmãs iara, Silvana, Roberta e Paula, minha mulher Yara, meus filhos Emmanuel e Vitória. Aos saudosos amigos Maestro hary bacciotti, Trípoli Donadel, a meu pai Geraldo Azevedo e meu avô Manuel Joaquim. Meu abraço querido aos amigos Sr. Kamal Taufic Nacif, ao Maestro Max Eduardo Ferreira e Neto Cardoso. Fica minha gratidão aos amigos de São Paulo que ajudaram a realizar este sonho de poder voltar a buscar o silêncio que nasceu no brasil rural, e que com músicos maravilhosos das bandas civis e do choro, enriqueceram ainda mais as músicas nas capitais, sem abandonar as simples histórias dos homens que ainda tocam para seu interior”. (Nailor Proveta)

 

 

Repertório:

SUÍTE ENCONTROS Nailor Proveta suíte em três movimentos 1 DOBRADO 2 VALSA 3 CHORO MAIS VARIAÇÕES

A Europa de Debussy encontra o Brasil de Pixinguinha, Nazareth, Zequinha de Abreu, Lindolfo França, Chiquinha Gonzaga, Severino Araújo, aqui por nossas bandas e Bandas!

4 POLCA DE CORETO Nailor Proveta polca
5 RETRETA NA CHÁCARA DO SEU GUIDO

Nailor Proveta dobrado e choro Homenagem a Guido Bozza, proprietário da chácara onde nasci e assisti os primeiros ensaios de minha vida ouvindo meu pai tocando com seus amigos valsas, sambas, maxixes, choros e até peças clássicas para o acordeon. Foi um mundo maravilhoso de sons e sonhos de pessoas humildes, com pureza de coração e paixão pela música que me encantam até hoje.

6 DE MANHÃ, LEMBRANÇAS Nailor Proveta choro habanera
7 YPÊ DO CERRADO Edson José Alves valsa dedicada a Geraldo

Azevedo

8 NA BANGUELA Edmilson Capelupi choro

9 CONVERSANDO COM MARCELO Nailor Proveta choro

10 PRO EDMILSON Nailor Proveta choro

11 IMPERIAL Edmilson Capelupi schottisch

12 JABUTICABEIRA Nailor Proveta maxixe

13 VALSA DOS QUATRO TEMPOS Nailor Proveta valsa em homeanagem a Geraldo Azevedo e Maurício Carrilho

 

 

 

 

Áudio:

Faixa 01 – Dobrado

https://soundcloud.com/robertasenda/1-dobrado

 

Faixa 02 – Valsa

https://soundcloud.com/robertasenda/02-valsa

 

Faixa 04 – Polca de Coreto

https://soundcloud.com/robertasenda/04-polca-de-coreto